4.4.07

Com ou sem chocolate?

O meu desejo, nessa páscoa, é que possamos enxergar para além dos símbolos alheios e olhar para os nossos próprios símbolos através destes símbolos até esdrúxulos, como um ovo adornado. Em outras palavras, vamos falar de chocolate e falar de morte e ressurreição. Vamos falar de morte e ressurreição e falar de chocolate.

A cultura diz chocolate. Nós dizemos morte e ressurreição do grande libertador da humanidade. Mas não é tão fácil assim. Falar jogando palavras ao vento é balela. Quero ver falar com a vida. Isso aí! Morte e ressurreição na vida. Já dizia um sábio cristão: "pregue o evangelho, se necessário use palavras".

Esquecer o chocolate? Não. É preciso transcendê-lo, isto é, passar além do normal, do natural. Partir do chocolate para a morte e a ressurreição. Creia: Jesus faria o mesmo. Ele não trucidaria a cultura. Não! Ele daria sentido à cultura. Isso é santificar: transcender o profano para o sagrado.

Somos gente. Por isso somos imanentes, ou seja, o oposto de transcendente, ou seja, somos chocolates, quer queiramos ou não. Não passamos de uma mera pasta alimentar que se prepara com cacau, açúcar e outras substâncias.

Sei que é difícil olhar para o chocolate e encontrar crucificação e ressurreição. Quanto mais olhar para o Cristo crucificado e ressurreto e encontrar o chocolate. Todavia, é só através dessa mistura, imanência e transcendência, chocolate e cruz, que a gente pode falar de morte e ressurreição na páscoa dos nossos dias. Vamos assumir!

Marcadores: , , ,

10 Comentário(s):

  • At 4 de abril de 2007 13:19, Blogger Alysson Amorim said…

    Ótimo, Felipe.

    É um post que gostaria de ter escrito. A questão não é esquecer o chocolate, mas transcendê-lo. E porque não ressignificá-lo: o chocolate, o corpo de Cristo.

    Uma feliz páscoa! Sinta o "ar nostálgico" de Belo Horizonte. Faz bem pra saúde.

    Abs.

     
  • At 4 de abril de 2007 13:27, Blogger Alysson Amorim said…

    Ahh,

    Percebi pelos "factos e contactos" a origem portuguesa do "Raízes do Mundo". Manter dois blogs não é brincadeira, mesmo.

    Abração

     
  • At 4 de abril de 2007 14:45, Anonymous entre linhas said…

    Vim desejar-te uma Santa e Feliz Páscoa.

    Bjs Zita

     
  • At 4 de abril de 2007 16:35, Blogger Tiago Almeida said…

    Felipe já me deves conhecer eu sou o Tiago o filho da elsa nyny eu passei por ca e achei muito giro o teu blog e a tua história passa no meu blog !!! abraços

     
  • At 4 de abril de 2007 20:52, Blogger Edson Marques said…

    Felipe,




    um Cristo de chocolate pra você...

     
  • At 5 de abril de 2007 02:21, Anonymous Valmir Nascimento said…

    Feliz Páscoa Felipe

    A Graça é suave como um bom chocolate!!


    Feliz páscoa

    Um abraço

     
  • At 5 de abril de 2007 10:37, Blogger Haras said…

    Olá,

    É verdade, temos de nos mentalizar que para falarmos de Páscoa, temos de misturar o chocolate e a cruz. Assim é nos nossos dias...

    Um grande abraço...Santa Páscoa

     
  • At 6 de abril de 2007 18:12, Blogger Tamara said…

    Meu dia de Páscoa terá a mistura, o sabor, a força, a crença de todos os outros dias.

    Aliás, minha semana "quase santa" começou muito autêntica. E estou a-do-ran-do!

    B-joletas.

     
  • At 7 de abril de 2007 20:08, Blogger elsa nyny said…

    Felipe!
    Adorei este ppost, acho que foste genialmente genial, para variar!!

    Hoje é a Madrugada da Ressurreição, por isso venho colocar em tuas mãos o Círio pascal, a Luz de Cristo Ressuscitado, que essa mesma Luz ilumine a tua vida! Vai lá busca-lo...Portugal é logo ali ao lado!!!


    Santa Páscoa!!

    Beijinhos!
    :)

     
  • At 9 de abril de 2007 11:12, Blogger Felipe Fanuel said…

    Amigos e Amigas,

    Obrigado por compartilharem desta Páscoa comigo, com ou sem chocolate.

    Abraços e beijos.

     

Postar um comentário

<< Home