5.4.08

Nossa necessidade hierográfica

Quanto mais longe ficamos dos livros sagrados menos metáforas teremos para contar a quem amamos. Bendita seja a literatura que dá sentido para as nossas vidas!

Marcadores: ,

6 Comentário(s):

  • At 5 de abril de 2008 23:38, Blogger Alysson Amorim said…

    Caro Amigo,

    Como o assunto é metáfora, e mais precisamente a relevância que encerra o ato de compartilhá-las, deixo aqui uma que agradou-me bastante hoje. Vem das letras de Manoel de Barros, um engenhoso fabricante de metáforas-sucatas, metáforas construídas com o imprestável. Certas coisas, no dizer de Barros, só prestam para a poesia:

    Formigas

    Não precisei de ler São Paulo, Santo Agostinho,
    São Jerônimo, nem Tomás de Aquino, nem São
    Francisco de Assis —
    Para chegar a Deus.
    Formigas me mostraram Ele.

    (Eu tenho doutorado em formigas)

     
  • At 6 de abril de 2008 15:47, Anonymous Edson Marques said…

    As metáforas...



    ... são elas que nos trazem a Deus!


    Esta frase, escrita agora, aqui, me faz ficar pensando. O último "a" deu-lhe um novo e delicado sentido, não achas?

    Teu blog me faz pensar, Felipe.

    Abraços, metáforas, estrelas!

     
  • At 6 de abril de 2008 17:03, Blogger Tamara said…

    Bendita vida que dá sentido à literatura.

    B-joletas, Fanuel

     
  • At 7 de abril de 2008 15:57, Blogger Daniel Souza said…

    Literatura... Bela amiga que nos faz bem!
    Abraços, caro amigo!

     
  • At 8 de abril de 2008 19:41, Blogger Daniel Souza said…

    Saibas que também já faz parte dos meus links...

    Abraços!

     
  • At 9 de abril de 2008 12:23, Anonymous Edson Marques said…

    Felipe,

    relendo.

    E pensando: Benditas as nossas vidas - que dão sentido à literatura!

    Abraços, flores, estrelas..

     

Postar um comentário

<< Home