20.2.07

2007

Fui desafiado a falar de 2007. Para ser sincero, meu ano nem começou. Não aqui, onde estamos celebrando Dionísio 51 dias depois de brindarmos a entrada de supostas mais 365 vinte quatro horas em nossas vidas. Eu quero mais é que o ano não chegue! Pode parecer muito brasileiro de minha parte, mas meus desejos para os próximos meses é que não haja desejo algum além daquele que nasça no calor do dia-a-dia. Gente, estamos falando daquela aspiração humana de preencher um sentimento de falta ou incompletude. Sim! É daí, do querer, da vontade, dos mais animalescos traços humanóides que surgem nossas volições. Não fiquem ouvindo este tal de Apolo sussurrar no ouvido de vocês que é hora de planejar a vida. Não adianta preparar, porque no final tudo vai dar errado. Melhor mudar esse negócio de ano novo para novo ano, ou seja, deixem o adjetivo antes do substantivo, por favor! Ano sempre haverá, mas não sei se será novo. A coisa mais importante para mim agora é que eu estou vivendo algo novo, simplesmente isso. Tomara que seja assim até a abertura da outra garrafa de champanhe.

Marcadores:

5 Comentário(s):

  • At 20 de fevereiro de 2007 17:41, Blogger Papoila said…

    Ola venho agradecer a visita, as palavras encantadas e deixar-t o aroma de alfazema no ar para os teus sonhos perfumar, bjinho,

     
  • At 20 de fevereiro de 2007 19:11, Blogger elsa nyny said…

    Felipe!!!

    sempre a aprender contigo!! È que é mesmo!!!

    Olha, mas não convidaste outros blogs??


    Beijitos!!!

    :))

     
  • At 20 de fevereiro de 2007 19:52, Blogger Felipe Fanuel said…

    Papoila,
    Muito obrigado pelas encantadas palavras!


    Elsa,
    Desculpa-me mas eu prefiri não convidar ninguém para esse desafio.

     
  • At 21 de fevereiro de 2007 07:17, Blogger Fallen Angel said…

    Detesto os sussurros desse tal Apolo... qualquer dia desafio-o para um duelo de música...

    Vivo. Passo a passo. Umas vezes com passada larga, outras vezes gatinhando.

    E é isto a vida.

    Um grande abraço, Felipe.

     
  • At 21 de fevereiro de 2007 09:21, Blogger Felipe Fanuel said…

    Caro Fallen,
    Por favor, convida-me para assistir a este duelo...

    É isso aí! Se a vida não for "passo a passo", ao modo dionisíaco, para que existe aurora e crepúsculo?

    Agradeço-te pela visita.

    Forte abraço.

     

Postar um comentário

<< Home